Futuro do varejo já chegou: sua marca está preparada? | Pontaltech

Blog

Futuro do varejo já chegou: sua marca está preparada?

Saiba tudo sobre o futuro do varejo e entenda o que sua marca precisa para oferecer a melhor experiência de compra para seu cliente.

Com os impactos da pandemia do coronavírus no comportamento do consumidor, o futuro do varejo se antecipou. A missão de atrair, fidelizar e atender às expectativas dos clientes se tornou um desafio urgente nesse novo cenário.

Para se ter uma marca capaz de disputar espaço no digital, é necessário prestar atenção para algumas tendências. O aumento da popularidade dos e-commerces bem como o avanço nos serviços de atendimento ao cliente são duas das principais oportunidades do setor.

Por outro lado, a integração de loja física e online, assim como o uso da inteligência artificial de chatbots, oferecem às marcas a presença em diversos canais ao mesmo tempo. Nesse sentido, as mudanças na comunicação entre a marca e o consumidor precisam de estratégias eficientes.

Diante de um cenário cada vez mais competitivo e desafiador, como consolidar uma presença digital que seja capaz de integrar e convergir o físico e o digital? A resposta está na experiência, já que o futuro do varejo será pautado pelas emoções da jornada de compra dos clientes.

Por isso, se a sua empresa não está pronta, estamos aqui para te ajudar. Neste conteúdo vamos discutir o que já mudou no varejo, quais as tendências, e como preparar a sua marca para o futuro do varejo. Acompanhe e boa leitura!

O que mudou no varejo?

O setor varejista é bastante dinâmico e vive em constante transformação, porém, diversas tendências desse “futuro” já são parte do presente. Aliás, os avanços no setor foram acelerados pela pandemia e modificou o comportamento de compra das pessoas. 

Um exemplo disso foram as vendas nas lojas físicas que despencaram devido às restrições, enquanto os e-commerces alcançaram recordes de números. Por isso, muitas marcas precisaram se adaptar rapidamente para vender na internet. 

A tendência do varejo já revela que as marcas precisam promover jornadas de compra fluídas, integrando lojas físicas e virtuais a fim de se destacarem da concorrência. Esse conceito ganhou até um nome: varejo phygital, que combina canais físicos e digitais para oferecer uma melhor experiência para o cliente. 

Outra mudança que foi rapidamente incorporada pelo varejo se trata do PIX. Se antes só existia boleto ou cartão como forma de pagamento, o PIX acelerou a conclusão do processo de compra apenas utilizando o celular. Mais um ponto positivo para a conveniência! 

Por fim, o uso de chatbot para atendimento, a cibersegurança e o acompanhamento de dados dos usuários passaram a ser essenciais para a tomada de decisão em um negócio. A automação propõe otimizar processos e tem o benefício de torná-los mais ágeis e produtivos.

Isso pode ser aplicado no varejo através de inteligência artificial na comunicação, como SMS, chatbot, voicebot, e-mails, etc, e pode oferecer métricas de gestão para entender comportamentos bem como criar estratégias mais eficazes.

Continue acompanhando e veja, a seguir, como se preparar, de fato, para o varejo do futuro. 

O que o futuro do varejo espera da sua marca?

Para atrair e fidelizar clientes, sua marca precisará investir na experiência do cliente em diferentes aspectos. A seguir, veja 6 formas de como sair na frente através de investimentos em tecnologia que farão a sua marca alcançar hoje o futuro do varejo. 

Futuro do Varejo é Phygital

Mesmo na pandemia, apesar de 80% das compras terem sido feitas em e-commerces, a importância das lojas físicas para a experiência de compra foram responsáveis por 46% das vendas do varejo. Ou seja, um canal de venda não anula o outro, e o segredo está em integrar os dois para promover uma jornada phygital para o seu cliente. 

Algumas ações simples já são capazes de fazer com que sua marca se destaque e se enquadre no conceito de varejo phygital. São elas:

  • Compra online com retirada nas lojas;
  • Compra na loja com entrega em casa;
  • Criação de guide shops que funcionam como um showroom;
  • Lojas físicas com sistema Scan & Go;
  • Uso de realidade aumentada; 
  • Comunicações por geolocalização;  
  • QR Codes e Wi-Fi disponíveis;
  • Comunicação através de chatbots, SMS, voicebot, e-mails e sites.

Cibersegurança

Você sabia que mais de 70% dos consumidores apontam terem medo de fraudes nas compras online? Isso faz da cibersegurança um dos principais fatores na decisão de compra e recompra de uma marca. Para driblar essa situação e diminuir a barreira de compra, já existem diversas ferramentas para melhorar a segurança assim como a confiança da sua marca. Alguns exemplos de soluções práticas são:

Novas formas de pagamento

Se antes da pandemia, 80% dos consumidores optavam pelo cartão de crédito para comprar, hoje um terço deles já migrou para pagamentos com PIX ou carteiras digitais. Por isso, se sua marca ainda não disponibiliza todas as opções de pagamento, procure se adequar às tendências. 

E não basta apenas inserir as opções. É preciso incentivar o uso através de promoções exclusivas de acordo com a forma de pagamento. Além disso, é necessário garantir facilidade e uma boa experiência de compra para qualquer forma de pagamento, desde a escolha até a conclusão da cobrança e confirmação do pagamento. 

Aqui, um ponto essencial é a comunicação sobre cobrança e verificação de compra. Nos tópicos anteriores falamos sobre o uso de SMS verificado que é uma excelente prática que aumenta a confiabilidade da marca. Um fluxo de automação é necessário para disparar uma mensagem logo após uma compra for efetivada. Nós temos uma solução para isso: leia até o final.

Coleta e análise de dados

Os dados dos clientes são coletados e precisam ser analisados, pois os resultados podem apontar melhorias na experiência de atendimento, suporte e compra. Estima-se que hoje apenas 39% das marcas fazem uso desses dados para melhoria nos processos, e só 27% usam para criar comunicações personalizadas. O futuro do varejo é baseado em dados, então, não perca mais tempo!

Redes sociais

Durante a pandemia, o uso das redes sociais cresceu em 40%. Novos canais como o Tik Tok ganharam força e passaram a fazer parte da lista de canais de venda do varejo, junto com outras redes como o Youtube e o Instagram. Além delas, o Brasil se destaca pelo alto poder de venda do WhatsApp. Sendo assim, se você ainda não começou a explorar as redes sociais como um importante canal de vendas, chegou a hora! 

Chatbots não são o futuro, mas o presente do varejo

Você sabia que, atualmente, mais de 75% dos varejistas já contam com chatbots para dar suporte às suas áreas de atendimento? Ter um chatbot implementado e atualizado é uma forma de otimizar os seus atendimentos garantindo qualidade e disponibilidade para o seu cliente. 

Disponíveis 24 horas por dia, 7 dias na semana, o chatbot ainda tem o poder de integração com outros canais, além de contribuir para atendimentos mais assertivos, personalizados e baseados em dados.  

Viu como é possível se preparar para o futuro do varejo? Por isso, não perca tempo e entre em contato agora mesmo com a gente para saber como a sua loja pode vender mais e ser referência em atendimento ao cliente!

30 de maio de 2022
Compartilhar
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin

Inscreva-se em nossa newsletter

Fique pode dentro do que acontece no mundo da tecnologia e da comunicação digital. Receba em primeira mão dicas, novidades, notícias e muito mais direto em seu e-mail.

Conteúdos relacionados